Skip to content

“Não posso obrigar ninguém a tomar vacina… não sou inconsequente”, diz Bolsonaro

"Não posso obrigar ninguém a tomar vacina... não sou inconsequente", diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a distribuição da vacina contra o novo coronavírus no Brasil, ressaltando que o medicamento não poderá ser obrigatório como querem alguns políticos, a exemplo do governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP).

“O que eu tenho observado é que ainda tem muita gente preocupada com a vacina”, disse o presidente, se referindo ao receio de muitos sobre os possíveis efeitos colaterais do medicamento. Bolsonaro frisou que o medicamento foi aprovado pela Anvisa, mas em caráter emergencial.

“Deixo bem claro, ela é emergencial. Eu não posso obrigar ninguém a tomar vacina, como um governador falou há um tempo atrás que ia obrigar. Eu não sou inconsequente a esse ponto. Ela tem que ser voluntária. Afinal de contas, não está nada comprovado cientificamente com essa vacina ainda”, disse Bolsonaro.

Segundo o chefe do Executivo, ele estaria sendo inconsequente se defendesse a obrigatoriedade da vacinação. Bolsonaro ainda rebateu críticas sobre o relacionamento do Brasil com a China e a Índia, argumentando que não há impasses, diferente do que diz grande parte da mídia. Assista:

Bolsonaro fala com a imprensa sobre Entrega de Vacinas, China, Índia + Encontro com Apoiadores https://t.co/nvh1cITy0J

— Carlos Jordy (@carlosjordy) January 22, 2021

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *