Skip to content

Lula se recusa a convocar militares no RJ: “Enquanto eu for presidente, não tem GLO”

Lula se recusa a convocar militares no RJ: "Enquanto eu for presidente, não tem GLO"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou de um café da manhã nesta sexta-feira, na companhia de jornalistas e autoridades, onde comentou sobre a crise de segurança pública que assola o país, em especial o estado do Rio de Janeiro, onde recentemente foram furtadas armas do Exército Brasileiro.

Na ocasião, segundo informações da GloboNews, o mandatário se recusou a convocar militares para reforçar a segurança pública carioca. “Enquanto eu for presidente, não tem GLO”, disse ele, referindo-se ao dispositivo constitucional de Garantia da Lei e da Ordem.

A “GLO”, como é mais conhecida, é prevista no Artigo 142 da Constituição Federal, e foi bastante citada durante a gestão do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro. Ainda em clima de desconfiança em relação aos militares das Forças Armadas, não é surpresa que o petista apresente resistência à ideia desse dispositivo.

Segundo Lula, a situação do Rio de Janeiro não enseja intervenção. Ele citou como exemplo uma intervenção feita no passado, ocasião em que os militares foram comandados pelo general Braga Netto, também no estado carioca, e que segundo o petista não teria resolvido o problema da segurança na ocasião.

“Não é papel das Forças Armadas ficar nas favelas brigando com bandido. Não quero as Forças Armadas nas favelas brigando com bandido. Não é esse o papel deles. Enquanto eu for presidente, não tem GLO”, declarou Lula.

Ainda na mesma ocasião, o presidente aproveitou para criticar o ex-presidente Jair Bolsonaro e alguns militares que, segundo ele, teriam se deixado influenciar por uma suposta tentativa de golpe em 8 de janeiro.

“O que aconteceu com o 8 de janeiro foi um desvio, pela existência de um governante que sabia fazer tudo, menos governar, que achava que poderia utilizar as instituições como instrumento dele para fazer politica. Não tinha nada de republicano na cabeça dele”, afirmou o petista.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *