Skip to content

Embaixador de Israel detona a ONU: ‘Não tem um pingo de legitimidade ou relevância’

Embaixador de Israel detona a ONU: 'Não tem um pingo de legitimidade ou relevância'

O embaixador de Israel na Organização das Nações Unidas (ONU), Gilad Erdan, demonstrou profunda indignação com uma Resolução aprovada nesta sexta-feira pela Assembleia-Geral da entidade, que foi elaborada pela Jordânia e outros países árabes.

A resolução pede uma “trégua humanitária” imediata dos ataques de Israel na Faixa de Gaza, mas em nenhum momento cita o grupo terrorista Hamas, ignorando completamente o massacre covarde perpetrado contra inocentes civis israelenses no último dia 7.

“Hoje é um dia que ficará na infâmia. Todos nós testemunhamos que a ONU já não detém nem um pingo de legitimidade ou relevância”, iniciou o embaixador ao discursar na Assembleia, deixando claro qual é a posição de Israel.

“Israel rejeita categoricamente a resolução da Assembleia Geral aprovada esta tarde que nem sequer nomeia o Hamas – nem uma só vez! Como se esta guerra tivesse começado sozinha!”, continuou.

“Mesmo quando discutiam os nossos reféns, os redatores não conseguiram sequer nomear os terroristas do Hamas responsáveis ​​por este flagrante crime de guerra.  Israel continuará se defendendo. Israel fará o que for necessário para erradicar as capacidades do Hamas e trazer os reféns para casa”, completou Erdan.

A ONU, de fato, tem sido bastante criticada por Israel devido ao seu posicionamento aparentemente brando com o terrorismo do Hamas. Isto se deve em especial à influência dos países árabes na Organização. Assista:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *