Skip to content

Deltan ironiza fala de Gilmar sobre eleição de Lula: ‘Todo poder emana do STF’

Deltan ironiza fala de Gilmar sobre eleição de Lula: 'Todo poder emana do STF'

O ex-coordenador nacional da Lava Jato, Deltan Dallagnol, voltou a criticar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), após o ministro Gilmar Mendes fazer uma declaração polêmica dias atrás, atribuindo a eleição do atual presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, à atuação do Judiciário.

Durante um encontro com empresários em Paris, no último sábado, Gilmar Mendes afirmou que “se a política voltou a ter autonomia, isso se deve ao Supremo Tribunal Federal. Se hoje temos a eleição do presidente Lula, isso se deveu a uma decisão do Supremo Tribunal Federal”.

A fala do ministro foi em referência às anulações do STF sobre as condenações de Lula, possibilitando o seu regresso à vida política e, consequentemente, a sua eleição no ano passado. Críticos do Supremo, contudo, enxergaram nas suas palavras uma espécie de confissão do chamado “ativismo judicial”.

Dallagnol, por sua vez, reagiu nesta quinta-feira: “A fala de Gilmar revela algo pior do que a supremacia do STF sobre os demais poderes: quando o STF elege um presidente, ele se coloca acima do próprio povo. A Constituição precisa ser emendada para refletir a realidade: neste país, todo poder emana do STF.”

O ex-coordenador da Lava Jato já foi duramente criticado por Gilmar Mendes, inclusive com termos ofensivos, despertando ainda mais a ira de parte da população que defende a força-tarefa, considerada até hoje, por muitos, a maior operação anticorrupção na história do Brasil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *