Skip to content

“Como é o governo do Bolsonaro, querem demonizar até quando ele acerta”, diz Janaína

"Como é o governo do Bolsonaro, querem demonizar até quando ele acerta", diz Janaína

A deputada Janaína Paschoal participou de uma live onde o assunto debatido foi a implementação do tratamento precoce contra o novo coronavírus, incluindo o possível uso de medicamentos como a azitromizina, hidroxicloroquina e ivermectina no tratamento da doença.

Diferente do que tem propagado alguns veículos de notícia e personalidades públicas, Janaína acredita que foi um erro a orientação inicial do ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta, ao mandar a população buscar ajuda hospitalar apenas quando houvesse um “quadro respiratório grave” [veja aqui].

“O máximo que eu posso fazer é dar o meu testemunho. Eu segui o Mandetta e quase morri. O que o Mandetta dizia? Fique em casa, não procure o hospital. No 16 dia de sintomas, eu fui carregada, eu não conseguia sequer andar. Não é isso que eu quero para a população”, afirmou Janaína.

“A orientação primeira do ‘ficar em casa’ estava errada, e não tem uma alma que consiga fazer uma reflexão e assumir o erro dessa primeira informação”, disse ela, apontando que tal circunstância ocorre por causa de interesses políticos.

“E ai, como é um governo do Bolsonaro… e vocês são testemunhas, eu critico direto… querem demonizar até quando ele acerta (…), é um pouco de egoísmo querer cercear uma publicação que orienta a população a buscar ajuda”, completou. Assista:

“…o máximo q eu posso fazer é dar o meu testemunho. Eu segui o Mandetta e quase morri. O q o Mandetta dizia?Fique em casa, ñ procure o hospital. No 16 dia d sintomas, eu fui carregada, eu não conseguia sequer andar. Não é isso q eu quero p/a população” pic.twitter.com/DsHs5PElk2

— Anita 🇧🇷 (@bellanna) January 19, 2021

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *