Skip to content

“A mudança na ordem mundial começou”, diz cientista político ao comentar guerras

  • by
"A mudança na ordem mundial começou", diz cientista político ao comentar guerras

Muitas pessoas estão tendo a impressão de que o mundo vivencia um período completamente anormal, não apenas no sentido de conflitos regionais, mas em uma escala global. Boa parte desse sentimento surgiu com o desencadeamento da pandemia do novo coronavírus, enquanto outros apontaram a retomada do Talibã, no Afeganistão, após a vitória do atual presidente americano Joe Biden, como o “start” de um novo tempo.

Em 2022, a invasão da Rússia na Ucrânia em 24 de fevereiro daquele ano tornou-se mais um episódio alarmante, fazendo com que a Europa passasse a vivenciar um clima de tensão que perdura até os dias atuais.

Agora em 2023, com o início da nova guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas em 7 de outubro, outro nível na escalada de conflitos entre nações parece ter começado a surgir, reforçando a impressão de que o mundo atual, de fato, vive o que parece ser o desenho de uma “nova ordem mundial”.
Essa é a opinião do deputado federal e cientista político Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que usou as redes sociais para comentar o quadro geopolítico atual. Para ele, não há dúvidas de que vivenciamos o início da uma “nova ordem” no planeta, como tem defendido, inclusive, os presidentes da Rússia e da China.
“Conflitos na Europa e no Oriente Médio, escalada belicosa na China e agora reativação do conflito entre Paquistão e Índia. Todos esses com força nuclear. Some a isso as ameaças de invasão da Guiana pela Venezuela e temos conflitos múltiplos em escala global. A mudança na ordem mundial começou”, comentou Bragança.
Como o mundo ficará daqui em diante, com o desenrolar das guerras no Oriente Médio e no Leste Europeu, e talvez em outras partes do planeta, é algo que só o tempo dirá.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *